Já ouvi muitos maridos perguntando para as esposas: “Pra que você quer fazer isso agora, nessa idade?”, desmerecendo e desprezando a capacidade da sua companheira para realizar o que for, seja aprender a dirigir, voltar a estudar para terminar o ensino básico ou começar uma faculdade, iniciar em um emprego ou, ainda, tomar a decisão de ser uma empreendedora (muitas mulheres foram impedidas por mero ciúmes ou por terem que assumir, sozinhas, os trabalhos domésticos e os cuidados com os filhos pequenos).

A menina que cresceu ouvindo de seus pais que o serviço doméstico era a sua tarefa (como lavar a louça depois do almoço de domingo, junto com as irmãs e a mãe, enquanto seu pai cochilava no sofá da sala e seu irmão brincava e assistia o programa legalzão na TV); que quando adulta “escolheu” não trabalhar para ficar em casa se dedicando aos filhos, chegou na meia-idade acreditando, equivocadamente, na sua incompetência (ideia reforçada de maneira conveniente pela sociedade e por outras mulheres, que viveram a mesma geração. Inclusive, existem muitas mulheres machistas por aí…). Desmotivada e com baixa autoestima, esta mulher, agora madura e com muito tempo de vida pela frente, nem tem forças para se reinventar.

Simone de Beauvoir se ligou nesses assuntos há anos quando publicou, em 1949, o livro “O segundo sexo” que, de tão visionário, foi retirado de circulação à época. Lamentavelmente, no século XXI, esta obra ainda se mostra atual.

“Que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância, já que viver é ser livre”

Simone de Beauvoir

Sempre tive vontade de tocar piano, mas nunca tive oportunidade por falta de dinheiro ou de tempo (quando eu era pequena, fazer aulas de piano ainda era coisa de gente rica). Quando fiz 40 anos, decidi que era o momento de realizar esse desejo antigo. Comentando com algumas pessoas, incentivando-as a me acompanhar, recebia respostas como: “Eu não! fazer piano depois de velha? já passei da idade!”. Então existe uma idade certa para aprender coisas novas? Que ideia ultrapassada!!!

Felizmente, meu marido e meus filhos me deram o maior apoio, no sentido de acreditarem na minha capacidade de aprender a tocar um instrumento. Porém, entendo que a independência financeira (seja do marido, do companheiro ou da companheira) é um dos fatores primordiais para garantir a minha liberdade de escolha (pois sou eu quem paga essas as aulas, e muitas outras contas também). Eu não sou a Barbie, mas eu posso ser tudo o que eu quiser!

Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, você está certo de qualquer maneira

Henry Ford

Pesquisas vêm mostrando que, embora fiquemos mais lentas para alguns aspectos físicos e fisiológicos (a digestão demora um tempão, o cabelo custa a crescer, o corpo demora para se recuperar da balada da noite anterior) de maneira geral, a galera da meia-idade bate um bolão no que se refere a outros aspectos. Podemos citar alguns, como positividade, melhor compreensão das verdadeiras intenções das pessoas nas interações sociais (sabe aquelas expressões “não bateu o santo”, “não fui com a cara”, então, é disso aí que estou falando) e tomada de decisões financeiras mais sensatas, se nos compararmos com a moçada mais jovem.

Clique abaixo para ouvir o Audioblog

Audioblog: Eu Posso! (09/02/20)

A ideia de inserir o audioblog me veio à mente quando precisei de repouso depois de me submeter a uma cirurgia oftalmológica nos dois olhos no mesmo dia (retirei uma bolinha – que os médicos chamam de calázio – de dentro da pálpebra direita e uma pinta que ficava pertinho dos cílios do olho esquerdo). Agora, imagina a aflição! tinha que fazer compressas e ficar com os olhos fechados, e pior, não poderia ler meus livros!!! Aí, lancei mão de um tipo de audiobook disponível no youtube e “escutei o livro” por uma semana. A voz era feminina porém meio robótica, sem entonação (mas foi o que encontrei, fazer o que?!). No final das contas, terminei a leitura do segundo livro que me propus a ler esse ano (têm vários na fila para serem lidos, haja tempo! aff). Normalmente leio dois livros ao mesmo tempo (às vezes paro, penso um minutinho, para me situar onde foi que eu parei e não misturar as histórias, risos). Um desses livros, me instrumentalizou para redigir alguns conteúdos do blog. No próximo post eu te conto com mais detalhes qual foi o tal livro. Não perca! (está curiosa hem???)

Neste post eu vou falar de outro livro. Você já ouviu falar em Síndrome do Espelho Retrovisor (SER)? Eu aprendi o que é esse conceito quando li o livro O milagre da manhã” de Hal Elrod. Eu entendi que, em muitas situações, limitamos nosso potencial verdadeiro no presente com base nas nossas limitações do passado.

Acreditamos, de maneira equivocada, que quem fomos é quem somos

Hal Elrod

exemplos de artistas de cinema que se destacaram como grandes atrizes e atores depois dos 40 ou 50 anos de idade. Existem evidências científicas demostrando que, mesmo que você decida começar a praticar exercícios físicos ou esportes na fase dos “enta” (ou como dizem, “nessa altura do campeonato”, risos), você ainda alcançará os benefícios à saúde que almeja (prevenção de doenças, principalmente as do coração). Então, o que estamos esperando???

Se você escolher ser uma nova versão de você mesma à partir de agora, aceitar as consequências do que fez (ou deixou de fazer), assumir a sua responsabilidade por tudo e principalmente por tomar uma atitude e se preparar para isso, você está pronta para alcançar todos seus objetivos!

Foto profissional grátis de cenários, cômodo, de pé, decoração de interior

Inspirada em tudo que conversamos até aqui, a minha indicação de música para este post é Born This Way” da Lady Gaga. Uma canção de ritmo empolgante e que fala de amor-próprio para você se animar a retomar suas metas e correr atrás dos seus sonhos (sem olhar para o retrovisor!)

Se você gostou deste conteúdo, clique no botão marrom (aí embaixo) para eu te lembrar do blog “Cresce e Aparece” quando o próximo post sair do forno. Se você ainda não leu o post da estréia do site, aparece para dar uma olhadinha!

Beijos!

webcresceaparece@gmail.com

Ps* Amei os comentários, as mensagens de carinho, os abraços afetuosos e as palavras de incentivo de todos vocês. Mandem sugestões de temas!!! Conte para as amigas!!!

12 comentários sobre “Eu Posso!!!

    1. Adorei parece que estava falando comigo já passei por tantas coisas que achei em capaz espero mudar daqui para frente acreditar mais em mim quero começar indo academia fala que vou começar a tanto tempo e não vou agora é a hora

Deixe uma resposta para Jardim Cinza Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s