Para muitas pessoas, pensar em autocuidado feminino significa salão de cabeleireiro, SPA, skincare, Make de Diva ou outras coisas do tipo 💅. É obvio que gostamos destes mimos, mas eu não diria que seriam exemplos de autocuidados fundamentais. Na minha opinião, mulher que se cuida é uma mulher saudável, elegante, bonita e consequentemente, feliz!

O autocuidado é dependente do autoconhecimento e implica na valorização de quem você é. Repare no seu corpo, nas suas perfeições e imperfeições. Atente-se para suas percepções e para os seus sentimentos. Normalmente, cuidamos muito bem de algo que nos é caro, ou que nos custou caro. Ou ainda, conforme o valor que damos àquela peça ou àquele objeto (seja monetário ou sentimental), zelamos por eles com muito afinco. Poucas vezes paramos para pensar no nosso próprio valor, e não temos a noção da dimensão do quão valiosos nós somos! (isso se chama autoestima). A vida agitada nos obriga a pensar em tudo menos em nós mesmos. Não se trata de egoísmo ou narcisismo, mas de uma necessidade básica.

O autocuidado, principalmente o da mulher, vem sendo traduzido pela mídia e pelo mercado como o mero cuidado com a estética, incutindo no imaginário das pessoas a imagem desfocada da mulher que se cuida como aquela que segue determinados padrões de beleza.

Erroneamente, achamos “normal” acostumarmos com as dores corporais. Afinal, já passamos dos 40! É, faz parte… Não é normal, gente! Nos habituamos a reparar nas mulheres a nossa volta, nos comparando com elas e esquecemos de observar os sinais do nosso próprio corpo.

Se você não se lembra da última vez que se olhou de frente para o espelho, sem censura ou pudor🙈🙉🙊, se dê essa chance! Não se sente a vontade para fazer isso? Não sabe por onde começar a olhar👁️?

Vá tomar um banho 🛀, que eu vou te explicar!

Antes de mais nada, veja se você está no período menstrual. Se sim, siga os passos a seguir quando completar uma semana que a sua menstruação desceu. Caso você esteja na menopausa, escolha um dia do mês para fazer esse ritual. Sugiro escolher o dia do seu aniversário, assim você não esquece desse cuidado uma vez por mês (por exemplo, todo dia 23 de cada mês🗓️).

  • Entre no banheiro e tire toda a sua roupa.
  • Olhe-se no espelho e coloque as duas mãos na cintura e observe a sua “paisagem“👀.
  • Repare no formato, contorno e no tamanho da sua “comissão de frente“🔘🔘. Abaixe os braços deixando-os relaxados e continue observando seus seios. Agora, levante os dois braços e verifique se há alguma alteração.
  • Entre no chuveiro e passe o sabonete no corpo sem usar a bucha. Coloque a sua mão esquerda atrás da nuca (deixe o cotovelo apontado para cima) e ensaboe usando só as mãos (sem o sabonete) deslizando, apalpando a mama esquerda. Observe se há regiões mais durinhas.
  • Continue fazendo movimentos circulares e foque nas axilas. Esfregue seu “sovaco” delicadamente e verifique se há alguma saliência e desça, desta mesma maneira, até o mamilo. Enxague essa parte do corpo e veja se há algum líquido saindo dele.
  • Faça a mesma sequência do outro lado.
  • Terminado o banho, enxugue-se e deite-se na sua cama de barriga para cima (o jeito chique de dizer essa posição é decúbito dorsal). Coloque a mão esquerda atrás da cabeça e inspecione toda a mama esquerda com a ponta dos dedos. Depois repita os mesmos passos do lado direito. Nessa hora, aproveite para aplicar seu hidratante corporal.

É importante seguir essas 3 fases da rotina uma vez que a mama se acomoda de diferentes maneiras conforme a posição corporal, o que permite observar alguma irregularidade não vista em uma determinada posição.

Pronto, você acabou de fazer o autoexame da mama!😃 Não estamos no mês do “outubro rosa” 🎀 mas precisamos ser lembradas todos os meses dessa importante rotina de autocuidado.

Por que você não deve fazer esse autoexame no período pré-menstrual? Porque muitas mulheres ficam mais sensíveis nesse período, percebem os peitos inchados ou um pouco doloridos o que pode levar à confusão ou interpretação precipitada dessas sensações regulares com sinais e sintomas preocupantes.

Conhecer o corpo é essencial para conseguir detectar mudanças. É perfeitamente normal ter um peito ligeiramente maior do que o outro (o nosso corpo apresenta pequenas assimetrias), a presença de sardas na pele ou pequenas protuberâncias ósseas 🦴 próximas aos peitos (ex. osso esterno ou uma costela). Devemos considerar se estas peculiaridades sempre estiveram ali…. Contudo, se você observar algo incomum, investigue mais de perto.

Mas, não se desespere com a suspeita! Agende uma consulta com o seu(ua) médico(a) ginecologista que fará um exame clínico minucioso e indicará os exames específicos que julgar necessários.

Mas, o que exatamente temos que observar? Antes de responder a essa questão, vamos dar uma pausa para a música 🎤.

“…Esta canção é só para dizer e diz…”

Você é Linda – Caetano Veloso

Nas vozes das cantoras Ivete Sangalo e Margareth Menezes e com uma orquestra maravilhosa ao fundo, a música “Você é Linda” de Caetano Veloso foi a escolhida para o post de hoje só para te lembrar…👇

Voltando ao nosso assunto, há mais ou menos 3 anos recebi por e-mail a foto de uma caixa de ovos com 12 limões dentro dela. Cada um deles apresentava uma aspecto diferente. Foi a campanha de prevenção mais ilustrativa e educativa que havia visto até aquele momento (e até hoje também). Comumente, assistimos na TV e na internet mulheres modelos (nada contra!) mostrando como fazer o autoexame, porém essas iniciativas de informação não conseguem abarcar tamanha diversidade de corpos femininos ou contextos de vida de mulheres de diferentes idades. Acaba não soado real para que recebe o recado…

A imagem é esta abaixo👇

Esta imagem está disponível no site da Wordwide Breast Cancer na campanha Know Your Lemons Fundation (“Conheça seus limões” 🍋🍋em português) e está disponível em vários idiomas (na foto, a legenda está em português de Portugal). Clicando neste 👉LINK conheça mais sobre a linda iniciativa da referida organização! Você pode, inclusive, ajudar essa organização sem fins lucrativos que dedica-se à detecção precoce do câncer de mama em nível mundial, fazendo doações ou adquirindo seus produtos (canecas, sacolas e camisetas). A ONG desenvolve materiais educativos, ferramentas e campanhas para educar a população sobre os sintomas e os métodos de diagnóstico da doença.

Conforme as diretrizes do programa 👉Assistência Integral à Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, e as orientações do 👉 INCA, a indicação da mamografia de rastreamento para mulheres (sem sinais e sintomas) entre 50 e 69 anos com intervalos de no máximo 2 anos entre os exames deve fazer parte do exame de rotina. Esse exame é oferecido gratuitamente pelo SUS e algumas campanhas municipais são feitas de tempos em tempos organizando mutirões para melhorar o diagnóstico da doença. A Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda a realização da mamografia à partir dos 40 anos. O conhecimento do próprio corpo é considerado imprescindível por ambas as instituições para identificar anormalidades e contribuir com a prevenção.

Ah! antes que eu me esqueça, homens também podem desenvolver câncer de mama, embora o número de casos seja muito menor do que nas mulheres. Assim, cada indivíduo deve ficar atento e conhecer seu próprio corpo, sem vergonha e com muito orgulho de ter uma pessoa linda dentro dele!

Fica a Dica!😉

Você já percebeu que este post vai ter continuação? Na próxima semana postarei a parte 2 do tema no blog Cresce e Aparece! para continuarmos conversando sobre outros aspectos do autocuidado da mulher de meia-idade.

🎧Audioblog🎧

Audioblog: Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (parte 1)

Gostou do texto? Mostre para suas amigas! Comente (escreva no quadradinho “comentários” logo no final da página), curta e compartilhe!

Grande beijo 💋 e até mais!

4 comentários sobre “Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (parte 1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s