Do conteúdo do vídeo 👉Isso acaba com a elegância da mulher” disponível no canal do Youtube que aborda os temas estilo e moda da Luciane Cachinski, destaquei 3 dicas para conversar com você dentre as 10 que ela identificou. Devemos prestar atenção em alguns pontos que podem minar o nosso visual.

1. O sutiã aparecendo

Sabe aquela alça do sutiã que teima em cair no braço quando você está com camiseta cavada? E o fecho aparecendo quando você coloca um decote nas costas? Ou pior, quando você coloca um sutiã comum com uma blusa frente única. “É pacabá !” Hoje em dia tem o sutiã específico para ser mostrado, como aquele com alças rendadas e com um corpete mais comprido. Fica legal uma sobreposição com regata, por exemplo, mas já vi gente usando esse tipo de lingerie sem nada por cima (aí não dá né gente!).

Não precisa ter um monte deles na gaveta. É bom ter um sutiã branco (para roupas claras), um preto (para vestir com roupas escuras) e um bege (ou do tom da sua pele, para as usar com roupas coloridas), sendo que um deles deve ter alças removíveis. Outra dica é adquirir um apetrecho chamado 👉conector para alça de sutiã que une as alças nas costas para usar com um decote nadador. Se você tiver outras peças com cores diferentes em casa, considere-se no lucro! (é claro que é bom dar uma variada em ocasiões especiais😉). Mas, não exagere na quantidade! (falei sobre isso no 👉 POST da semana passada).

Os conjuntos de lingerie são compostos por calcinha e sutiã, mas deveriam ser vendidos contendo 1 sutiã e 2 calcinhas. Todo mundo sabe que calcinha a gente troca todos os dias, enquanto sutiã, nem sempre. Você pode sugerir: compre a peça separada, uai! Às vezes, não compensa, pois o preço total da compra acaba ficando mais caro.

2. Roupa com furinhos ou descosturada

As roupas vão se desgastando com a lavagem ou com o uso frequente e, com o passar do tempo, podem aparecer pequenos desfiados, linhas soltas, botão desprendendo ou até buraquinhos. Coloque seus óculos e faça uma inspeção nas suas roupas ou providencie os reparos logo que os perceber. Esses detalhes dão aparecia de desleixo no seu visual o que não é nada elegante. Não sabe costurar e não têm máquina de costura? Não precisa! Mesmo que você não tenha habilidade com atividades manuais e poucos materiais disponíveis, você vai precisar apenas de tesoura, linha e agulha para fazer os ajustes necessários.

Além disso, existem muitos vídeos no Pinterest (falei sobre ele neste 👉 POST) que ensinam o passo a passo. E você pode assistir quantas vezes forem necessárias para aprender. Veja esse exemplo abaixo👇

3. Bolsas e sapatos mal conservados

Da mesma maneira que cuidamos das roupas, devemos fazer uma manutenção nas nossas bolsas👜 e sapatos 🥿. Eu adoro bolsas! Porém, estou aprendendo a reduzir a quantidade, uma vezes que não é necessário ter várias delas para combinar com os meus looks. É legal ter uma de tamanho médio, para o dia a dia e outra pequena para usar com roupa mais fina em situações mais formais. Também não precisa ser “de marca” (você não vai querer gastar uma fortuna comprando esse acessório para não sobrar dinheiro para colocar dentro dele, não é mesmo?🤑). Quando as bolsas são feitas de materiais sintéticos, tendem a “esfarelar” com o tempo ficando com aspecto de velhas e descuidadas. Quando chegar nesse ponto, é hora de trocar a sua peça (seja bolsa ou sapato).

Quanto aos sapatos, faça uma revisão minuciosa do solado e dos saltos 👠. Assim, você evita que os desgastes desiguais na base do calçado interfiram na sua pisada ou passada, aumentando o risco de quedas acidentais (além de machucar, cair no meio da rua não é nada elegante🤦‍♀️). Preste atenção naquelas borrachinhas na ponta do salto, pois tendem a sair ou se deteriorar com o uso frequente. São facilmente trocadas pelo sapateiro e não fica caro voltar a usar seu sapato preferido para “bater perna por aí” (péra… quando puder fazer isso com segurança).

Agora, vamos para a seção Valeu a Dica!

#Valeuadica

No #Valeuadica de hoje vamos falar de um detalhe observado pela leitora Ana Rosa 🌹, minha amiga querida e que bate um bolão no quesito “Self Make“. No post 👉”Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (Parte 2)” falei da importância do uso do protetor solar, contei que uso o com cor e sugeri o filtro solar em pó. Tal indicação foi baseada no meu tipo de pele, que é oleosa, mas ela me atentou sobre uma peculiaridade das peles secas e maduras:

“Em pó, eu acho muito prático…. mas para peles maduras não… acho que marca muito as linhas de expressão…”

Sabe aquele efeito “craquelado” na pele? É disso que ela está falando!☺️

Quanto a cor do filtro solar, algumas leitoras relataram não encontrar o tom certo para a sua pele. Mas existe um pigmento para protetor solar da linha Anthelios chamado 👉Color Dose disponível em 6 tons (vendidos em frasco gotejador). Você compra seu protetor sem cor e testa no dorso da mão acrescentando 2 a 4 gotas para atingir o seu tom. Em algumas farmácias você encontra embalagens de teste nas prateleiras, o que facilita a escolha antes da compra. Talvez essa seja uma alternativa interessante a se tentar.

Voltando ao nosso assunto, a mulher elegante sabe combinar cores🎨. Você já ouviu falar sobre o Circulo Cromático? Ele é usado não somente no âmbito da moda, mas em muitas outras áreas como no campo da arquitetura, do design, do marketing e da arte. Usar a combinação correta de cores valoriza as vestimentas e harmoniza o seu visual, deixando as roupas simples com cara de roupa chique. Eu separei um pin do Pinterest que explica certinho como usá-lo. Clique na imagem abaixo 👇 para aprender.

Outra dica muito boa é saber escolher o colar adequado para usar com cada tipo de decote. Veja os exemplos clicando no Pin abaixo👇

Os acessórios são tudo de bom para deixar aquela roupa sem graça com cara de roupa de boutique. Em um próximo post vou te contar alguns macetes que aprendi com as minhas andanças e pesquisas para usar, cintos, lenços e bijus deixando sua roupa com estilo e, o melhor, gastando pouco!

Agora, a pausa ⏸️ para a música

🎼 Dica de música do blog 🎼

Para o post de hoje, escolhi um dueto de cantoras com vozes lindas e que se complementaram perfeitamente na interpretação da música “You’re Still The One“. Combinando trechos em inglês com trechos cantados em português, com vocês: Paula Fernandes e Shania Twain!👇

Para finalizar, não poderia deixar de falar que a mulher elegante é educada!🤗

“É preciso ter elegância para continuar sendo gentil em situações cruéis”

@criado por nós – Portal Raízes

Para a geração das nossas mães e avós, dizer que a mulher é “elegante” era sinônimo de mulher “magra“. Na minha opinião, ser elegante é uma questão de atitude e de postura (tanto corporal quanto comportamental).

No que se refere à postura corporal, ressalto a sua importância, não somente para garantir a elegância, mas para prevenir os prejuízos provocados pelos desvios posturais (cifose, lordose e escoliose) bem como as dores lombares e cervicais (as dores nas costas) causadas pela tensão muscular e/ou pela falta de tônus dos músculos do abdome. E de quebra, mantendo a postura correta, você previne aquela terrível “papada” ou o “queixo duplo“!😉

No que se refere à postura comportamental, as mulheres elegantes, sobretudo as de meia-idade, prestam atenção ao que as pessoas dizem e as tratam de modo igualitário, sem distinguir classe social e respeitando suas escolhas políticas, religiosas ou sua opção sexual (veja bem, não necessariamente aceitar ou concordar, mas respeitar!).

Enfim, não é difícil seguir esses dicas. Veja quanta informação útil para você colocar em prática desde agora. É só se atentar a alguns poucos detalhes que fazem toda a diferença para se manter sempre elegante! Então, bora lá!

🎧Audioblog🎧

Audioblog: Elegância na meia-idade: detalhes que fazem a diferença. 04/10/2020

Gostou desta publicação? Compartilhe com seus amigos e siga o blog deixando seu e-mail no final da página.

Seja bem-vinda (o), caso seja a sua primeira vez por aqui e volte sempre no Cresce e Aparece! O post da próxima semana está imperdível!

Grande Beijo!!!💋

Um comentário sobre “Elegância da mulher de meia-idade: detalhes que fazem a diferença

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s