Nas prateleiras de shampoos, condicionadores, finalizadores e afins, os slogans são variados: “Liso extremo“, “Cachos Hidra-vitaminados“, “Detox capilar“, “Antifrizz“, “Cachos definidos“, e por aí vai. Quem não ficaria confusa para escolher com tantas opções disponíveis?

Selecionei um produto com “SOS” no rótulo para salvar as minhas madeixas indomáveis. Um condicionador sem enxague ativador de cachos da marca Salon Line. No verso da embalagem a indicação era para “cabelos ressecados, danificados e desnutridos” (na minha correria, eu li este último como “destruídos“). E decidi: esse mesmo é o que eu preciso!

Depois que cheguei em casa, me atentei para outros detalhes da embalagem: “Curvaturas 3ABC e 4ABC“. O que é isso, minha gente? Fui eu buscar no Google. Descobri que se tratava de uma classificação baseada no tipo de curvatura do fio do cabelo e para cada grupo há um produto mais adequado.

Funciona da seguinte maneira, entre lisos e crespos há uma série de subtipos de curvatura de fios que são divididos em 1,2,3 e 4 que por sua vez são subdivididos em A, B e C. De acordo com a figura abaixo, os cabelos ondulados são os 2A, 2B e 2C, os cacheados abertos são 3A e 3B, os cacheados fechados são 3C e 4A e os crespos são 4B e 4C. Veja os exemplos na imagem do Pinterest abaixo👇

Os cabelos lisos são os tipos 1A, 1B e 1C. Veja os exemplos na imagem abaixo👇.

Interpretei que o meu cabelo é ondulado do tipo 2B, mas na empolgação acabei comprando um produto indicado para outro tipo de cabelo. O correto seria escolher o “SOS cachos + poderosos 2ABC” da mesma marca. Clique na imagem abaixo 👇 para adquirir o seu.

Nas minhas buscas nos sites da internet, o cabelo ondulado foi chamado de “indeciso” (nem liso, nem cacheado), de rebelde no “day after” e aquele que “arma” com qualquer chuvinha. Leia mais👉 AQUI.

Segundo a publicação da👉 Universa, os ondulados são cabelos “indefinidos” e mais importante do que o shampoo e condicionador é o finalizador para domar a juba e deixar os fios arrumados. Cabelereiros experientes sugerem produtos com fórmulas mais leves para não pesar o visual, bem como aqueles em spray, pois são de fácil aplicação (dica 👉 “Spray Texturizador Meu Liso Ondulado“). Espalhe pelo comprimento (nunca na raiz) e amasse para marcar as ondas. Além disso, continuo recomendando o uso da touca de cetim para secar os cabelos (dica: deixe a franja de fora e ajeite com escova) e da fronha de cetim para dormir (leia mais no post👉 “Bonita, saudável e sustentável”)

Ah! Eu concluí o Cronograma Capilar da Lowell de 2 meses de tratamento sobre o qual comentei no post👉 “Meus cabelos, minhas regras“! O resultado foi excelente! A quantidade que veio no kit foi suficiente para o tempo de tratamento. Porém, mesmo com a recomendação de usar o kit durante tal período, pela minha experiência, achei melhor fazer por 30 a 45 dias, uma vez que depois desse tempo o meu cabelo “acostumou” com os produtos e senti a necessidade de dar uma pausa, retomando o uso dos produtos de costume. Quando dei a pausa, depois dos 60 dias, meus cabelos reviveram novamente!

Então, o ideal seria fazer o cronograma por 30 dias, retomar os produtos de costume (descanso) por outros 30 dias, seguir o cronograma novamente e assim por diante.

Saindo do papo do cabelo e direcionando a discussão para a pele, vamos dar uma intervalo para escutar a música do post.

#Dica de Música do Blog🎼

A música de hoje vem na voz grave e linda de Zélia Duncan ao violão e ao vivo num show em BH em 2019. Eu costumava usar essa canção para a “volta à calma e relaxamento” ao final da minha aula de dança aeróbica. Era revigorante… Com vocês a música “Não vá ainda“👇

Voltando ao nosso assunto, prestei mais atenção no tom da minha pele quando passei a ficar mais em casa. Quando era adolescente e no início da juventude eu aproveitava mais o sol e a piscina. Minha pele era mais bronzeada e somente “desbotava” durante os meses de inverno, quando se tornava meio amarelada. Meu marido comentou comigo: “Nossa, você deu uma branqueada! Parece que está até meio esverdeada!” Aí eu contei a ele que meu tom de pele é o oliva🍸, confirmado pela minha dermatologista na última consulta. Segundo a médica, o meu tipo de pele tem tendência à manchas (é o que fui tratar) e se bronzeia facilmente (é o lado bom).

Enquanto que outros tipos de pele apresentam tons avermelhados ou amarelados, a pele oliva tem tom levemente esverdeado. Não é nenhum “Hulk“😬!. Temos como exemplos, deste tipo de tonalidade, pessoas conhecidas da TV como a Juliana Paes, a Jennifer Lopez e a Kim Kardashian.

Contudo, para nós mortais que queremos arrasar na maquiagem é importante identificar o tom e o subtom da pele para acertar na cor da base, além de valorizar nossas características usando as cores certas para o nosso tipo. De acordo com uma👉 publicação sobre o tema, “A pele oliva tem o equivalente de 5% de rosa e 95% de amarelo, num subtom esverdeado” (segundo a maquiadora e visagista Sarah Anjos). Para analisar a sua, use a luz natural do dia, vista-se com roupas brancas e esteja em ambiente neutro, não use makeup e cubra os cabelos. Observe! Veja exemplos no Pin abaixo👇

Você também pode usar alguns👉 truques para saber a temperatura da pele, ou seja, se quente ou fria (Não tem relação com temperatura corporal, mas com a intensidade da cor). Os especialistas chamam a técnica de identificação de “calorimetria’, importante tanto para a maquiagem quanto para a escolha das cores das roupas e dos esmaltes que ficam bem em você.

Vamos as dicas:

  • Coloque uma moeda dourada sobre a mão e depois uma moeda prateada e veja o que fica melhor. Se foi a dourada, a pele é quente e se foi a prateada, a pele é fria.
  • Observe as veias do seu antebraço. Se tiverem tonalidade rosa e azul, o tom é frio e se forem verde e amarelo, o tom é quente.

Na publicação acima, encontrei a informação de que as bases com fundo amarelado são melhores para peles quentes e com fundo rosado/ acinzentado ficam bem nas peles frias.

Em outra👉 publicação aprendi que para a pele oliva, muitas vezes é preciso combinar dois tons de base para se chegar na cor ideal. Além disso, as melhores cores para o blush são os terrosos e os pêssego , os batons nas cores nude, vermelho (fechado) e rosados se destacam e o pó compacto com efeito bronzeador confere iluminação para a pele oliva. Os tons roxos devem ser evitados, pois ressaltam as olheiras e os corretivos em tom amarelado entram para neutralizar esse probleminha.

Comecei a me interessar por makeup (o que não é a mesma coisa de saber fazer😬) há pouco tempo e por isso, estou lendo mais sobre o assunto para saber realçar os olhos e as sobrancelhas, por que o batom fica escondido atrás da máscara😷.

Por outro lado, o batonzinho e a máscara de cílios (o que eu chamava de “rímel” antes de ficar sabendo que este é o nome de uma marca e não do produto em si) ajudam bastante no visual na hora de gravar os vídeos do trabalho. Sem contar que não dispenso o protetor solar com cor. Não vivo sem ele para evitar as manchas na pele do rosto pela exposição ao sol e à luz das telas de celular e notebook (falei sobre isso em no post 👉Autocuidado da mulher de meia-idade: a rotina ideal (parte 2)“).

Como iniciante nessa área, vou tentando, testando e depois compartilhando as minhas observações com as(os) leitoras (es) do👉 blog Cresce e Aparece! Dessa forma, vou dividindo com você os meus erros e acertos para descobrirmos juntas outros aprendizados na nossa fase da meia-idade.

🎧Audioblog🎧

Audioblog: Pele oliva e cabelo 2B: outras descobertas da meia-idade. 06/06/2021.

É isso, pessoal!!! Venha vicejar comigo! Venha para o blog da meia-idade feminina!

Deixe seu comentário, compartilhe o post nas suas redes sociais. Volte sempre!!!

Grande beijo💋 e até mais!🤗

#vicejarsempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s