O que a conta de luz e o sedentarismo tem em comum? O gasto energético! Se por um lado você precisa economizar energia elétrica para reduzir a sua conta no final do mês, por outro lado, você precisa aumentar seu gasto energético corporal para deixar de ser sedentária. Em meio a um turbilhão de dicas disponíveis na internet, fica difícil combinar e aplicar as estratégias no nosso cronograma diário de atividades, seja no trabalho ou em casa. Para tentar organizar essas informações e deixá-las mais “aplicáveis“, vou dividir o texto de hoje em duas seções:

1) para te contar a minha experiência ao associar algumas dicas publicadas aqui no blog para a adesão ao hábito de praticar atividades físicas e as adaptações necessárias que, entre erros e acertos, descobri ao longo do tempo dos testes;

2) compartilhar pequenos “truques” que estão me ajudando a otimizar o uso de eletrodomésticos para tentar diminuir o custo da minha conta de energia elétrica no final do mês.

📌Seção 1: Gastar MAIS energia (térmica)🏃🏻‍♀️

O corpo humano produz calor (energia térmica) para a manutenção das funções vitais do organismo (batimentos cardíacos, respiração, entre outros). A caloria é a quantidade de energia que um alimento fornece ao corpo para desempenhar tanto essas funções quanto os demais gastos necessários para realizar outras atividades, tais como caminhar, subir escadas ou desempenhar funções intelectuais, por exemplo. As calorias consumidas que não são gastas, são armazenadas pelo corpo para o uso quando necessário. Caso você não queira estocar essa energia excedente em quilos a mais de gordura estrategicamente distribuídos no seu corpinho, é bom encontrar maneiras de se movimentar para queimar essas calorias.

Para aumentar esse gasto energético, indiquei aplicativos de pausa no post👉 “Como ser fisicamente ativa e saudável mudando pequenos hábitos” e o contador de passos no post👉 “Não desista de ser fitness“. Agora, vou te contar a minha experiência com eles.

O 👉Pedômetro 👣foi usado como uma espécie de diagnóstico do meu nível de atividade física para que eu pudesse incluir mais movimento no meu dia a dia rumo a uma vida mais ativa.

Eu observei dois meses de registro, os meses de julho e agosto. No primeiro mês estava de férias e, mesmo sem viagens, era comum optar por passeios ao ar livre e programas em família. No segundo mês eu já havia retornado com todas as minhas múltiplas atividades de mulher trabalhadora😬, sobrando pouco tempo livre.

A intenção era acumular mais de 5 mil passos diários e pelo menos 30 minutos de atividade por dia. Em julho, a média diária foi de 6144 passos em 1h e 2min e consegui superar a meta de 6 mil passos por 17 vezes (meu record🏆 foi 13 mil passos). Mas, em agosto eu não consegui manter o ritmo. Em função do retorno à “rotina normal” a média diária naquele mês foi de 3137 passos em 31 minutos ativos, sendo que os 6 mil passos foram somente 2 vezes atingidos😕.

Confira abaixo👇as curvas de desempenho no gráfico produzido pelo aplicativo e, em seguida, faça o teste também para saber se sua média de passos está no recomendado ou se é preciso mais esforços para “fitnizar“(desenhado é mais simples compreender).

Nesse aplicativo encontrei outras dicas que poderiam ser acrescentadas na rotina de exercícios para ampliar o espectro de possibilidades de movimento corporal. Um plus para incrementar a meta de passos diários. Você pode optar por “Treino rápido“, “Alívio de dor“, “Correção“, “Alongamento” e “Aquecimento“. É só clicar na imagem correspondente no seu celular e seguir as orientações. Veja as imagens abaixo👇.

Quanto as pausas e o tempo de descanso ativo entre as atividades laborais, indiquei um programa para o computador chamado 👉”Workrave” e outro para o celular chamado 👉Flipd Focus & Study Timer. Inicialmente, baixei ambos, porém, observei que o aplicativo instalado no notebook se mostrou mais útil, visto que o meu trabalho é essencialmente realizado no computador. Decidi desinstalar o app do telefone e mantive o outro. O uso dos dois em simultâneo não foi efetivo, pois os lembretes e os sinais sonoros me confundiam aumentando a “burocracia” para iniciar e finalizar as minhas atividades, o que me passou a sensação de aumento de cobrança em relação ao tempo para dar conta do planejado.

Assim, sugiro eleger um deles conforme a sua necessidade de trabalho. Já fui tentada a sabotar o sistema, pulando a indicação de 10 minutos de descanso, mas confesso que me senti esgotada e mais estressada ao final de um dia de trabalho quando não respeitei essas pequenas paradas. Nem sempre sigo exatamente os exercícios propostos, costumo incluir outros movimentos de alongamento ou alternar com outros tipos de pausa, como me sentar em um ambiente externo, caminhar ao ar livre, ouvir uma música ou apenas me espreguiçar. Veja um modelo de lembrete e outro de exercício oferecido pelo programa👇.

📌Seção 2: Gastar MENOS energia (elétrica) 💡

Acredito que você já teve um “mini-infarto” ao checar a sua conta de luz deste mês de setembro ou ao menos percebeu uns avisos sobre a taxa extra a pagar pela tal da “bandeira da escassez hídrica“, que acrescenta o valor de R$14,20 por 100 kWh. Segundo as notícias divulgadas na👉 mídia, essa nova bandeira criada pela ANEEL, estará vigente nos próximos 7 meses (até abril de 2022). Essa tarifa é acrescentada na conta de energia elétrica, independente da tarifa normal recebida. Por isso, precisamos encontrar estratégias de economia para, pelo menos manter os custos mensais, ou melhor, reduzi-los.🤑

Qualquer detalhe faz a diferença para quem quer gastar menos, então tenho 3 dicas simples para evitar o desperdício de energia.

  • Não deixe seus eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos em Standby. Manter o equipamento ligado sem estar usando, com aquela luzinha vermelha acesa🔴, causa um gasto de energia desnecessário. Veja exemplos de gasto mensal aproximado por aparelho ligado enquanto ele não está em uso.

TV/Console de videogame= 4,30 kWh/mês por aparelho (se você tem mais unidades, multiplique esse valor pelo número de equipamentos);

Microondas = 13,7 kWh/mês.

Tire da tomada a máquina de lavar roupas quando não tiver em funcionamento, o roteador Wifi quando for dormir e desligue a luz se tiver apenas assistindo televisão (afinal, não precisa de mais iluminação, não é mesmo?).

  • Carregue a bateria do celular e notebook até completar os 100% de carregamento e depois, retire da tomada.
  • Evite usar o aparelho de microondas para descongelar os alimentos. Planeje o que vai comer no almoço no dia anterior a refeição, retire a sua comida do congelador e deixe descongelando na geladeira para cozinhar no outro dia.

Mudando pequenos hábitos, será possível reduzir gastos com a energia elétrica. No mais, com o calor que está fazendo, nem precisa usar o chuveiro elétrico para aquecer a água. Um banho com água em temperatura ambiente faz bem para o bolso e para a pele!😉 Além disso, uma ducha rápida refresca e deixa tudo limpinho🚿.

Outro ponto importante é averiguar se o relógio de energia está funcionando corretamente, computando apenas o seu uso ou se houve alguma adulteração nos fios elétricos, os famosos “gatos“, que estão onerando sua conta de luz. Para saber como identificar se isso está acontecendo com você, assista esse 👉VÍDEO.

Antes de terminar, vamos para a música do post.

#Dica de Música do Blog🎼

Love Someone” de Jason Mraz é um hino ao amor embalado em uma melodia suave como ar de primavera💐. Um dos trechos da música pode ser traduzido mais ou menos assim:

“Vamos nos entregar ao amor… levantar para tocar a luz das estrelas… saborear cada segundo que estivermos juntos em suspenso…”

Assista o vídeo oficial do cantor clicando abaixo👇

Voltando ao nosso assunto, como seria bom se gastar calorias fosse tão fácil quanto gastar energia elétrica, né não? Como a realidade não é essa, bora movimentar o corpo e mudar os hábitos domésticos para sermos mais assertivos quanto aos gastos das nossas energias diárias.

Não se esqueça do nosso próximo post no mês de outubro! O mês mais legal e movimentado do ano e eu posso provar!✨🎉

Deixei o calendário de postagens mensais na publicação anterior (Clique👉AQUI). Então, marque na sua agenda! Acompanhe o nosso blog, deixe seu comentário e compartilhe com os seus amigos.

Beijão💋 e até a próxima!

Avalie✔ o post AQUI👇

🎧Audioblog🎧

Audioblog: Como economizar energia da casa e gastar a sua diariamente. 26/09/2021.

Um comentário sobre “Como economizar energia da casa e gastar a sua diariamente

  1. Priscila, adorei as dicas de economia de energia e já vou colocar em prática. E compartilhar…
    Vc fez o teste do relógio para ver se estão “gateando” nossa energia?
    Até outubro…vou ficar esperando, anciosamente.
    Bjs rm vc, Gustavo, Enzo e Beatrice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s